Resenha: A Biblioteca invisível – Genevieve Cogman

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

Sinopse: Irene é uma espiã profissional da misteriosa Biblioteca, uma organização que existe fora do tempo e espaço e que coleciona livros e manuscritos de diferentes realidades. Junto com seu enigmático assistente Kai, ela é enviada para uma Londres alternativa com a missão de recuperar um perigoso livro. Mas quando chegam, ele já foi roubado. 
As principais facções do submundo londrino estão prontas para lutar até a morte para achá-lo, e a missão de Irene é dificultada pelo fato de que o mundo está infestado pelo Caos – as leis da natureza foram distorcidas para permitir a existência de criaturas sobrenaturais e mágicas imprevisíveis. 
Enquanto seu novo assistente guarda seus próprios segredos, Irene logo se vê envolvida em uma aventura repleta de ladrões, assassinos e sociedades secretas, onde a própria realidade está em perigo e falhar não é uma opção.

Já imaginou entrar em um espaço onde vários livros importantes de várias épocas e realidades alternativas estão armazenados? E trabalhar coletando eles? Imagina conhecer outros lugares e enquanto isso resgata livros que podem se perder para sempre por ser o único volume existente? Bom A Biblioteca Invisível é esse mundo e foi criado por Genevieve Cogman autora nascida no Reino Unido.

A Biblioteca Invisível – Foto @sraflowers

Esta história é realmente para os amantes de livros e constantemente o leitor acaba sendo aguçado por esses conhecimentos que este espaço armazena e preserva, ele também tem a cara dos livros de Arthur Conan Doyle com o seu famoso detetive Sherlock Holmes e até mesmo um ”Q” dos livros de Agatha Christie, pois em suas páginas, Genevieve amarra a trama com alguns fatos, pistas e personagens enigmáticos.

Somos remetidos também a Sherlock Homes pois Irene, que é uma das agentes da Biblioteca Invisível e amante desse tipo de gênero literário e com isso ela acaba assumindo o papel de detetive quando vai para uma Londres alternativa atrás de um exemplar do livro dos Irmãos Grimm, que precisa ser resgato e encaminhado para a Biblioteca imediatamente, no entanto Irene acaba se deparando com um assassinato da pessoa que era dona do exemplar e outras tantos personagens que também estão extremamente interessadas nele.

Embarcamos neste mistério e aos poucos suspeitando de tudo e de todos e cada vez nós desejamos saber mais sobre eles. Aliás os personagens acabam conquistando o leitor rapidamente e neste ponto é necessário tocar mais uma vez em Irene, pois ela é espirituosa, divertida, leitora voraz e uma pessoa que facilmente se adapta as situações, pois em todos estes anos em que ela trabalha para a Biblioteca ela já assumiu diversos papeis para chegar até o livro desejado, passando por várias épocas e realidades diversas.

A escrita de Genevieve acaba prendendo o leitor de fato, alguns capítulos são um pouco mais arrastados mas não acho que prejudique o ritmo da leitura, mas isso pode acabar variando de leitor para leitor, pois em algumas resenhas as pessoas acabaram apontando esse como um defeito da narrativa.

Título: A Biblioteca Invisível
Autor: Genevieve Cogman
Tradutor: Regiane Winarski
Editora: Morro Branco
Edição: 1ª – 2016
ISBN-13: 9788592795085
ISBN-10: 8592795087
Adicione: Skoob – Goodreads
Especificações: 368 páginas

Compre: A biblioteca invisível

Débora Santos Almeida

Autora de textos sobre automobilismo em especial sobre Fórmula 1, leitora voraz de livros de ficção científica, amante de Arthur C. Clarke e freqüentadora do restaurante do Douglas Adams!

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: